Visita Anual à Aparecida do Norte – SP

Fui criada e educada na Doutrina Católica. Amo e respeito a santíssima trindade (Pai, filho e espírito Santo). Sou devota de Santo expedito e Nossa Senhora Aparecida.

ap

Crédito: garotinharuiva.wordpress.com

Uma vez por ano visito a cidade de Aparecida – SP e renovo e fortaleço minha fé. O mais legal é que acabei criando o hábito nos meus patrões. Já tem uns três anos que eles me acompanham. Esse domingo que passou (20/07) foi o grande dia. Acordamos muito cedo, pegamos a estrada uma 4:30h da manhã, chegamos à tempo de assistir a primeira missa da manhã. Nunca entro na missa que está pela metade. Não acho certo, é como se estivesse chegando atrasada, sei lá. Acho uma falta de respeito.

Para quem nunca foi, tem missas em diversos horários, manhã, tarde e noite. Se você chegar no meio de uma missa, espere! A próxima começa logo em seguida. Enquanto isso pode ir conhecendo a sala das velas, a sala dos milagres, experimentar os pães (casa do Pão) feito na própria basílica (o cheirinho é maravilhoso), a livraria e o grande auditório. Visito a basílica velha depois vou caminhando até a basílica de Aparecida pela enorme passarela, que é a coisa mais linda de se ver. É incrível a quantidade de pessoas que vão naquele lugar abençoado. Qualquer dia ou mês, é sempre lotado.

Depois do turismo religioso, da renovação da minha fé, dos pedidos e principalmente agradecimentos, nos direcionamos até o complexo de compras: uma espécie de shopping em frente à basílica. Tem muitas lojinhas a preços convidativos, muitas lembrancinhas de Aparecida para se comprar, uma praça de alimentação enorme, com muitas gordices (até McDonald’s) e um lindo aquário que você paga um valor simbólico para conhecer os peixinhos. Vou confessar que perco um pouco a paciência na praça de alimentação: apesar de ser razoavelmente grande, não é o suficiente para a quantidade de visitantes e se você pretende ir lá, se prepare – as filas são gigantes…

Crédito: joseliamaria.com

Crédito: joseliamaria.com

Dessa vez não fomos à feirinha que, além de estar impossível andar na rua, meus patrões tinham uma festa de casamento no domingo à noite e precisaríamos estar em São Paulo até 14hs. Mas é muito legal: é uma espécie de Brás do interior. Muita roupa, lembrancinhas e bugigangas bem baratinhos.

Vale mais que à pena ir até Aparecida. Peço à Deus, força, discernimento e sabedoria para continuar peregrinando todos os anos nesse lugar mais que abençoado!

Crédito: blog.cancaonova.com

Crédito: blog.cancaonova.com

Visita em: 20/07/2014

Anúncios